14:52 | 26/07/2017

Série Pilares da Indústria 4.0 (parte 6 de 9) - Simulação

Um estudo com 1 140 chefes de departamento de TI de grandes companhias revelou que 66% estão investindo em virtualização em seus servidores e 32% planejam seguir esse caminho dentro de dois anos.

Simulação

O que é: Simulação (ou Virtualização) é a reprodução virtual de ambientes e processos de desenvolvimento e manufatura nas fábricas. É uma prática que  possibilita a reprodução digital e fiel do funcionamento das plantas industriais, abrangendo equipamentos, funções operacionais e de funcionários. Na Indústria 4.0, o conceito pode ser aplicado a toda planta fabril, fazendo cópias virtuais das fábricas inteligentes para melhor monitorá-las, de modo a prever dificuldades e aprimorar a produção. Uma utilização mais precisa da Simulação é o chamado “gêmeo digital” (digital twin, no termo original em inglês), que cria, em um ambiente virtual, um  representante idêntico da cadeia de produção de um produto.

Líder mundial no segmento de virtualização, a empresa americana Veeam realizou um estudo com 1 140 chefes de departamento de TI de grandes companhias. O Relatório de Disponibilidade 2016 revelou que 66% estão investindo em virtualização em seus servidores e 32% planejam seguir esse caminho dentro de dois anos.

Fonte: shutterstock

Origem: O conceito de Simulação nasceu em 1777, a partir de um método proposto pelo matemático francês Georges de Buffon, e foi melhorado por seu colega Pierre Laplace, dando origem à fórmula Buffon-Laplace. A partir de meados do século 20, com os avanços tecnológicos, o campo foi impulsionado. Em 1960, o inglês Keith Douglas Tocher desenvolveu um programa que simulava o funcionamento de uma fábrica na qual as máquinas alternavam os status entre “Ocupado”, “Esperando”, “Indisponível” e “Erro”, e publicou o primeiro livro sobre o tema, The Art of Simulation (1963).

Objetivos: Melhora do resultado geral da produção, obtenção de maior controle dos processos, identificação e minimização de falhas e aumento da qualidade de trabalho dos funcionários da empresa, entre outros.

Almir Meira Alves, professor de engenharia dos cursos de graduação e MBA da Faculdade de Informática e Administração Paulista (FIAP), afirma que tecnologias como Impressão 3D e Prototipagem Rápida estão no topo das mais utilizadas pela indústria hoje, além dos softwares de Simulação de ambientes produtivos. “A massificação dos dispositivos de Internet das Coisas também contribui para o desenvolvimento de ambientes de Simulação, para prever como sua introdução nos processos produtivos, e promover melhorias nos resultados industriais.”

Desafios: Durante o Convergence 2016, o mais importante fórum nacional de Simulação (realizado em maio daquele ano, em São Paulo), especialistas no tema apontaram que o principal desafio hoje está ligado à mão-de-obra. Apesar de muitos engenheiros jovens mostrarem interesse pela área, a motivação cai quando percebem o tempo, esforço e dinheiro necessários para investir na especializar. Uma possível solução seria diversificar as atividades desse profissional e oferecer um plano de carreira sólido.

No Brasil: Divulgado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), em abril de 2016, o estudo Indústria 4.0: novo desafio para a indústria brasileira mostra que simulações e análises com modelos virtuais são utilizadas por apenas 5% das empresas, assim como manufatura aditiva, prototipagem rápida ou impressão 3D. Esse número sobe para cerca de 10% para indústrias de média e alta intensidade tecnológica.

Saiba mais:

— Empregada na exploração de óleo e gás no Brasil, a Simulação está permitindo que os geólogos e geofísicos da companhia Ouro Preto Óleo e Gás utilizem, onde quer que estejam, softwares que normalmente exigiriam uma grande capacidade de hardware. Com o sistema compartilhado, eles acessam a máquina virtual de seus tablets ou computadores pessoais. Leia mais aqui.

— Também no Brasil, dois engenheiros aumentaram a eficiência do setor sucroalcooleiro criando, ainda em 2006, uma planta virtual que simula toda a cadeia de produção. Leia mais aqui.

Links úteis:

—  Fundamentos da virtualização – Vmware, no YouTube.

Dica de Especialista – Virtualização, no YouTube.

Industry 4.0 - Smart Factory Simulation at Embedded World, no YouTube.

Fontes: Computerworld, Exame, Tecmundo, Siemens, UOL.

No portal CNI Digital, vamos falar bastante de simulação, então fique ligado!